Alfândega brasileira destrói 12.000 decodificadores de piratas

A imprensa brasileira informou que em 2019, a alfândega brasileira já apreendeu 12.000 decodificadores piratas de TV paga. Os decodificadores apreendidos foram destruídos em 5 de junho na sede da Alfândega de Foz do Iguaçu durante o XXIII Evento de Destruição de Bens Apreendidos. A destruição dos decodificadores apreendidos faz parte de um acordo com a ABTA, a Associação Brasileira de TV por Assinatura.

Com a destruição deste novo lote, o número total de decodificadores de piratas destruídos chega a 112.000 desde 2016, quando a ABTA e a Alfândega de Foz do Iguaçu assinaram um acordo de cooperação.

Share this!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *